A girafa que comia estrelas

Nas Bibliotecas do Agrupamento, iniciamos este segundo período, com a leitura em círculo da obra de José Eduardo Agualusa: A girafa que comia estrelas.

As turmas do segundo ano têm entrado neste espaço, para saborear, durante largos minutos, palavras doces e luminosas, que sabem a Amor. 

Esta história apela a valores elevados, dos quais nos deveríamos nutrir todos os dias e todas as noites. A girafa é tão alta que chega às estrelas. Engole pequenos sóis que lhe aquecem a garganta e que sabem a pêssego. Renova e ilumina a noite, porque cada vez que come uma estrela, muitas outras nascem novinhas e brilhantes no seu lugar. Tem uma amiga, uma galinha do mato, que vive entre as nuvens. Esta galinha viaja muito pelo planeta e, lá em cima, ocupa uma posição privilegiada perto do sol.

Juntas, cooperando, conseguiram salvar os animais da savana, afetados por uma grande seca que os privou de comer os frutos da Terra Mãe. Elas trouxeram de novo a água que lhes matou a sede e fertilizou as planícies.

As crianças do segundo ano saem da Biblioteca mais conscientes de que cada pensamento, palavra ou ação deve ser escolhida cuidadosamente. Cada um pode alimentar-se apenas de estrelas e brilhar mais cada dia,  para si próprio e para os outros.

Juntos podemos renovar a noite e transportar água pura!

Tema: 
Ano Letivo: 
Estruturas: 
Anexo: